MundoViagem

Chilena JetSmart é 4ª empresa de baixo custo estrangeira autorizada a voar no Brasil

Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) autorizou a companhia aérea de baixo custo JetSmart, da Argentina, a operar no Brasil.

A empresa quer iniciar a operação de rotas internacionais partindo da Argentina para aeroportos brasileiros.

Qual o perfil da JetSmart? A empresa é subsidiária da JetSmart chilena, e pertence ao fundo americano Índigo Partners, que também controla a companhia americana Frontier Airlines, a mexicana Volaris e a húngara Wizz Air. A JetSmart começou a operar em julho de 2017.

Já há outras empresas estrangeiras de baixo custo operando no Brasil? Sim. Desde que a franquia de bagagem foi desregulamentada, três empresas de baixo custo chegaram ao Brasil. Veja abaixo quem são elas:

Norwegian: A companhia de baixo custo europeia, está operando no Brasil desde março deste ano. Os voos disponíveis são do Rio de Janeiro para alguns destinos da Europa (em um primeiro momento, Londres, Madri, Copenhague, Estolcomo, Oslo e Málaga).

Sky Airlines: A empresa aérea chilena foi a primeira low cost estrangeira a chegar ao mercado brasileiro. Ela começou a operar no Brasil em novembro de 2018 e tem voos de São Paulo e do Rio para diversos destinos da América Latina.

Flybondi: Fundada no início de 2018, a Flybondi opera voos para 17 destinos na Argentina, além de Assunção (Paraguai) e, agora, o Rio de Janeiro. São três voos semanais (às quartas, sextas e domingos) entre o aeroporto do Galeão e o aeroporto de El Palomar, em Buenos Aires. O primeiro voo da companhia será no dia 11 de outubro.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar