Negócio

Aliexpress é o site de compras internacional mais usado pelos brasileiros, diz pesquisa

Na hora de usar o e-commerce internacional, o brasileiro já elegeu o seu favorito: a chinesa AliExpress. Pelo menos é isso que mostra uma pesquisa da startup de pagamentos Ebanx feita com 3 mil pessoas.

Vamos aos números:  Em 2018, 23,9% das compras onlines feitas em sites internacionais pelos brasileiros foram na AliExpress. Logo atrás, com 23,8%, ficou o Wish, com sede nos EUA mas sem sair muito da China – o site tem uma grande oferta de produtos chineses, como eletrônicos, roupas e produtos de beleza.

Por que a preferência? Preço. Dos entrevistados, 48,1% consideram o preço como fator determinante para a compra, e AliExpress e Wish são conhecidos justamente por esses  valores competitivos.

E o prazo de entrega? A pesquisa mostrou que esse “detalhe” não é o mais importante. Dos entrevistados, 52,2% sabem que o prazo de entrega de sites internacionais é mais longo. São 38,1% os consumidores quem aceitam até 30 dias de prazo para entrega,  enquanto 28,6% toleram até 45 dias.

Quando os prazos não são cumpridos, os consumidores tendem a culpar a logística e a taxação do Brasil: 53,1% culpam os Correios, enquanto 38% apontam a Receita Federal como problema. As lojas só levam a culpa para 26,4% das pessoas.

Como Aliexpress vê o Brasil? O site está reagindo à demanda. Em maio, anunciou uma modalidade de serviço para reduzir o tempo de entregas no Brasil para menos de um mês – o AliExpress Premium Shipping promete fazer o tempo de entregas cair para entre 22 e 28 dias. No início de setembro, uma loja temporária do AliExpress foi aberta em Curitiba, a fim de conquistar a confiança de mais brasileiros.

“Os sites que trabalham com vendedores chineses adaptaram sua experiência para o consumidor brasileiro. De mix de produtos a formas de pagamentos, AliExpress e Wish são brilhantes na hora de entender os hábitos dos consumidores”, diz André Boaventura, sócio e diretor de marketing do Ebanx.

(Com Estadão Conteúdo)

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar